domingo, 19 de dezembro de 2010

Marcha do monza com folga, como resolver!!!


COMO TIRAR A FOLGA DA ALAVANCA DO CÂMBIO
Olá amigos. Depois que meu monza deixou de aceitar a 5ª marcha, resolvi parar pra investigar o defeito. Minha alavanca de câmbio estava com muita folga, o que dificultou a regulagem dos engates das marchas e impossibilitou de engrenar a 5ª de vez. Comprei os reparos do liame e hoje fui fazer o reparo e decidi compartilhar a experiência com vocês. Meu monza é um sl/e 1990 e acredito que esse procedimento sirva pra todos até o ano de 1992.


Nível de dificuldade: FÁCIL.


O que precisamos: nesse caso, como minha manopla ainda estava boa, sem folgas, parti pra compra dos outros reparos disponíveis para o liame.


Imagem


02 buchas
01 junta central dos liames


INSTALAÇÃO


Primeiramente temos que soltar o liame que vai preso ao trambulador. Pra isso, engrenei a 4ª marcha para o trambulador ficar todo recolhido pra dentro da caixa. Usando uma chave de estria nº 13 pra folgar a porca, com jeito o eixo do liame se soltou. Agora vem a parte mais trabalhosa: soltar o liame inteiro.


Por baixo do carro, você verá o liame, saindo da manopla e indo até a caixa de macrha, no ponto que acabamos de soltar do trambulador. Nele, tem-se 4 parafusos, e pra soltar, precisei de uma chave nº 10. Sem mais complicações, e tendo cuidado pro liame não cair na minha cabeça, retirei pra verificar o seu real estado e se havia folga. Eis o liame na foto:


Imagem


Fiz a marcação dos 4 parafusos que fazem a fixação dele no chassis e da porca que prende no trambulador.


Depois de solto, fui verificar o estado do mecanismo e estava realmente precisando de reparo. A folga era muito grande, o que impossibilitava a trocade marchas com precisão. Pra começar, a folga da junta central era muito grande e das duas buchas, apenas uma estava inteira. Segue abaixo a foto da junta e das buchas (ou o lugar delas):


Imagem


Junta central.


Imagem


Imagem


Buchas.


Pra dar continuidade, precisaremos desmontar o liame inteiro. Existe um pino que trava uma peça, parecida com uma mão francesa que faz a conexão com a manopla. Esse pino, ao ser retirado, permite soltar essa mão francesa e desmonatar o eixo do restante da peça. Eis o dito cujo:


Imagem


Pra soltar, usei uma broca e um martelo. Vai batendo até sair por completo. Sai fácil, sem dor de cabeça.


Imagem


Imagem


Aqui já desmontado, com o pino extraído e o eixo fora do restante da peça.


Agora precisamos retirar a junta central usada pra instalar a nova. Aqui deu um pouco mais de trabalho pois precisei usar uma furadeira com um disco de corte pra retirar os pinos que prendiam a junta central. Depois de retirado, coloquei o novo e aqui vai uma dica: o pino que vem com a junta central deve ser travado como o antigo estava. Pra isso, basta apoiar a peça bem e com um martelo ir batendo na ponta mais fina do pino. Assim ela vai se contraindo e travando a peça de forma definitiva.


Imagem


Detalhe da junta nova.


Imagem


Aqui vemos o processo e onde devemos bater pra travar a junta. Percebam a marca do disco de corte.


Imagem


Imagem


Eis o pino e o lado que deve ser batido. Depois dos dois pinos travados, teremos a seguinte montagem:


Imagem


O próximo passo é colocar as duas buchas, uma de cada lado. Precisei de um pouco de vaselina e um cepo pra ir batendo na bucha por igual até ela entrar. Entra com dificuldade, mas entra.


Imagem


Detalhes da bucha.


Imagem


Imagem


Aqui já instalada no seu devido lugar.


Depois das bucas instaladas, bastar remontar o eixo no restante da peça, finalizando com a mão francesa presa pelo pino, retirado no início do processo.


Agora é só reinstalar o liame, recolocar a coifa de proteção e fazer a regulagem da marcha. No meu caso, como a 4ª marcha ainda estava engrenada na caixa de marchas, coloquei a alavanca na posição da 4ª e apertei a porca novamente no trambulador pra travar a posição.


Gostei muito do resultado, o câmbio ficou perfeito, sem folga alguma, com todas as marchas entrando com precisão e suavidade. O monzão agora ficou bem mais gostoso de dirigir.

 Creditos de um amigo da net.

8 comentários:

  1. po kra desculpa a falta de educação mas quanto vc gastou nesse serviço???

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigos.
    aonde eu posso achar as peça mencionadas nesse procedimento. moro em suzano e aqui não encontro.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Foi eu que escrevi esse tutorial! É bom ver que o conhecimento está sendo compartilhado na rede! lc_ss

    ResponderExcluir
  4. Troquei só o liame e a quinta não entra. Precisarei fazer este serviço. Também é um monza 90. Obrigado pelas dicas.

    Obs . Algumas fotos não estão entrando.

    ResponderExcluir
  5. Cadê a bucha ? esfarelou.... provável ter sido fluido de freio que escorreu.
    https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/21422_513252952081684_364208299_n.jpg
    https://fbcdn-sphotos-c-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/1069298_513253028748343_76062466_n.jpg

    ResponderExcluir
  6. Agora feita as substituições ficou legal. E realmente é difícil encaixar as buchas no tubo.
    Valeu pela dicas .

    ResponderExcluir
  7. show de bola! Já comprei uma alavanca de cambio, o mecanico já regulou, agora não entra quinta marcha, estou injuriado, vou comprar as peças, e com a sua dica provavelmente eu mesmo troque essas peças, valew!

    ResponderExcluir
  8. Cara, é exatamente isso que estou precisando fazer no meu kadett, a quinta e primeira não estão entrando direito, sabe se é a mesma bucha? Onde encontro?

    ResponderExcluir